Uma virada espetacular

12105947_935425313197056_1955765808259946288_nDe virada e no tie break, o Lebes/Gedore/Canoas derrotou Voleisul/Paquetá Esportes por 3 sets a 2 e está na decisão do Gauchão 2015. A vitória foi conquistada na casa do adversário, em Novo Hamburgo, com parciais de 25/19, 27/25, 18/25, 24/26 e 9/15. O Canoas espera a definição do adversário nos confrontos entre Bento Vôlei/Isabela e Sest/Senat/Brilhante, que jogam nesta quinta-feira e sábado.

O jogo começou bastante acidentado e foi paralisado diversas vezes. As goteiras na Sociedade Ginástica fizeram com que o set fosse interrompido por cerca de 5 minutos para a secagem da quadra. Nem com tempo para se organizar o Canoas conseguiu entrar na partida. Foram oito pontos cedidos em erros de saque, quase o equivalente à derrota no período: 25 a 19 para Voleisul.

Mudou o set, trocou a estratégia. O Canoas passou a sacar flutuante e a dificultar a defesa adversária. Abriu vantagem no marcador, mas permitiu o empate na reta final. Em um toque na rede de Léo Caldeira, observado pelo segundo árbitro, Voleisul fechou a segunda etapa em 27 a 25.

Para o 3º set, Marcelo Fronckowiak colocou Tarcísio e Batagim no time, e o aproveitamento no saque melhorou. Com vários aces, inclusive dos jogadores saídos do banco de reservas, o Canoas abriu larga vantagem e administrou os side outs para fazer 25 a 18, em uma largada atrás do bloqueio de Léo.

No 4º set, a impetuosidade no saque arrefeceu. Embora tenha aberto vantagem até a metade do set, o sistema defensivo do Canoas foi desestabilizado pelos saques de Voleisul, em especial nas passagens de Rafa e Franco. A saída foi contar com o bloqueio – e o fundamento foi aplicado no momento crucial. Os visitantes salvaram dois match points em bloqueios de Dennis e Tarcísio, e a dupla ainda marcou o 26º e último ponto, mais uma vez no block, para empatar o jogo: 26-24.

Desnorteados, os donos da casa permitiram que o Lebes/Gedore/Canoas conduzisse o tie break com autoridade. As viradas de bola aconteciam com naturalidade, com aces, bola de segunda de Evandro e até mesmo bolas de cheque, como a de Tarcísio, que fechou em 15 a 9 o set e classificou o Canoas para a final.

– O time começou com um rendimento muito abaixo do esperado, errando muito. Foi difícil encontrar o ritmo para acompanhar Voleisul. Qualquer bola parece mais complicada. A partir do 3º set tivemos mais vontade, mais raiva mesmo, nos concentramos e conseguimos virar no final – avaliou o oposto Dennis, maior pontuador do Canoas, com 23 pontos, e melhor jogador em quadra.

A definição das datas das finais ocorrerá após as partidas entre Bento Vôlei/Isabela e Sest/Senat/Brilhante, que jogam em Pelotas, nesta quinta-feira, e em Bento Gonçalves, no sábado. Depois de definido o classificado, a Federação Gaúcha de Voleibol irá anunciar as datas dos três jogos decisivos.

Foto: Matheus Beck | Vôlei Canoas

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *