Unidos pelo vôlei

Ju Costa e Willian Reffatti Foto Arquivo Pessoal do atletaO vôlei foi responsável por muitas alegrias na vida do ponteiro Reffatti, do Bento Vôlei/Isabela. Foram títulos conquistados no Brasil e até mesmo em Portugal. Mas o esporte proporcionou algo fora das quadras, que também é motivo de felicidade: um casamento.

Quando atuava pelo Pinheiros, Reffatti conheceu a carioca Ju Costa, que também jogava na mesma equipe. No clube paulistano, a história dos dois se cruzou e não se separou mais. Apesar disso, o casal unido pelo vôlei enfrenta um outro problema: a distância. Depois de permanecerem uma temporada no Pinheiros, eles se “separaram”. Isso porque Reffatti foi jogar na cidade mineira de Montes Claros e Ju Costa ficou no estado de São Paulo, defendendo as cores do Osasco.

Desde então, eles nunca mais atuaram por equipes da mesma cidade e chegaram, inclusive, a estar em continentes distintos. Na temporada 2012/2013, Reffatti atuava pelo SL Benfica, de Portugal, enquanto a esposa estava no Azerbaijão.

Mesmo assim, o gaúcho de 1,93 cm afirma que isso não atrapalha o casamento. “Conseguimos conciliar muito bem, pois entendemos que esse é o nosso trabalho e por isso temos que saber lidar com o sacrifício da distância”, explica.

Para centralizar os encontros, o casal decidiu morar em Uberlândia, cidade da equipe Praia Clube, clube de Ju Costa. Hoje, eles conseguem se ver de 15 em 15 dias, entre treinos e jogos. “Sempre sobra um tempinho e algum jeito de estar perto um do outro”, diz o ponteiro.

A chegada do Carnaval é uma oportunidade de conseguir passar um tempo maior juntos, para matar a saudade. “Estou indo pra lá hoje”, comemorou Reffatti na sexta-feira (13 de fevereiro).

2 Comentários

  1. Katia Fretas 29 de março de 2015 Reply

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *